O Governo Federal, através da SUDENE, criou o programa de Desenvolvimento da Região Nordeste com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social do Nordeste.

Coube a iniciativa privada as Operações Cadastrais do Projeto Nordeste que se dividiam em 4 etapas:

A ESTEIO executou para Órgãos Estaduais de Terra dos Estados do Maranhão (ITERMA), da Paraíba (FUNDAP), de Alagoas (ITERAL) e de Sergipe (FUNDASE), o cadastro técnico de mais de 37.000 Imóveis abrangendo uma área de 7.400 km².