A ESTEIO fez uso de inúmeras tecnologias para atender necessidades da PETROBRAS, visando a implantação do PEGASO (Projetos de Gestão Ambiental e Segurança Operacional) considerando mais de 5.000 km lineares de Faixas de Dutos em todo o Brasil.

A estruturação de inúmeras informações num único sistema com constantes atualizações proporciona agilidade aos processos de gerenciamento, desenvolvimento e monitoramento, inclusive no auxílio para prevenção de acidentes. Os acidentes representaram nos últimos anos, além de prejuízos enormes para a PETROBRAS, também danos ao meio ambiente.

Área de Atuação

O PEGASO representou a execução de atividades em boa parte do país, considerando especificamente as regiões Sul, Sudeste e Nordeste, além de áreas de interesse no estado de São Paulo, incluindo aí um ramal até Brasília, com aproximadamente 1.000 km de extensão.

Cobertura Aérea

Foram realizadas coberturas aerofotogramétricas coloridas em escala 1:8.000 e 1:30.000 e a partir destes voos, além dos produtos usuais, foram gerados mosaicos digitais controlados de aproximadamente 9.000 km² com imagens do voo 1:8.000 e 34.500 km² com imagens do voo 1:30.000.

MDT (Modelo Digital do Terreno)

Visando a obtenção de MDT para geração de ortofotocartas, além dos processos convencionais de captação fotogramétrica para altimetria, foi utilizada a tecnologia de Perfilamento LASER com uso do equipamento ALTM – Airborne Laser Terrain Mapper da Optech Inc.. Este processo foi determinante para conclusão dos trabalhos dentro dos prazos acordados.

Ortofotocartas 1:1.000

Da cobertura aerofotogramétrica em escala 1:8.000 foram derivadas ortofotocartas na escala 1:1.000 após fases antecessoras de apoio fotogramétrico e aerotriangulação, considerando uma extensão de 1.000 m em cada folha, em atenção ao padrão PETROBRAS. Para atender o PEGASO, gerou-se mais de 2.000 km² de ortofotocartas para os trechos de interesse.

Planta e Perfil

A extensão das Faixas de Dutos foi representada em perfil longitudinal, com integração de informações pontuais para utilização em futuros controles.

Este perfil longitudinal e as imagens de ortofotocartas foram disponibilizados como “planta e perfil”, complementadas por vetores originados de serviços de recadastro e de informações extraídas de desenhos As Built fornecidos pela PETROBRAS.

Documentos Vetorizados

Estes desenhos, numa quantidade aproximada de 20.000 unidades, em sua maioria em formato A1, foram rasterizados em formato TIF, receberam tratamento digital de imagem e foram disponibilizados pela ESTEIO, em formato PDF para integrar o sistema de informações.

Foram vetorizados cerca de 7.500 desenhos de interesse que reunidos a outros fornecidos pela PETROBRAS já em formato DWG, foram integrados aos produtos planta e perfil gerados pela ESTEO, com a possibilidade de futuras atualizações de acordo com o interesse da PETROBRAS.

Recadastro

Outra atividade neste processo, foi o recadastramento de aproximadamente 9.000 propriedades atingidas pelas servidões de passagem das faixas de dutos de interesse. As informações deste recadastro foram registradas em ficha própria e em conjunto com perto de outros 18.000 documentos obtidos em campo, rasterizados e tratados em escritório, montaram um banco de dados específico no sistema de informações gerado.

Marcos Implantados

Independente das atividades de apoio fotogramétrico necessárias ao mapeamento previsto, foi implantada uma rede de pontos geodésicos, composta por 41 marcos, alguns implantados anteriormente pela própria PETROBRAS.

Estes marcos são compatíveis com Sistema de 1ª Ordem do IBGE e formam uma rede fiducial de alta precisão que servirá exclusivamente para amarração de futuros serviços mapeamento, localização ou implantação de novos dutos.

Equipe de Desenvolvimento

Ao Sistema de Informações do PEGASO foram inseridas informações e produtos deste serviço utilizando recursos de 15.000 horas de profissionais de nível superior (cartógrafos, analistas e programadores) além de outras 25.000 horas de técnicos de nível médio (cadistas e auxiliares de programação), integrados numa única equipe para a montagem final do sistema chamada de Equipe de Desenvolvimento PEGASO e que ficou sob a supervisão direta da PETROBRAS.

Interferências

Oriundo dos recursos do PEGASO, realizou-se o Cadastro de Interferências em pontos específicos das faixas de dutos. Esta atividade consistiu em levantar situações que determinavam necessidade de intervenção da empresa, para melhor controle de ocupações em áreas de influência das faixas de dutos. Fruto destas observações, viabilizou-se estudos de adequações de traçados em regiões com necessidades e/ou possibilidades de alterações.

Outros Produtos

Diante da reunião de informações que o PEGASO proporcionou, outras atividades foram realizadas de acordo com os interesses imediatos da PETROBRAS, destacando-se a apresentação de vários produtos gerenciais como mosaicos de áreas específicas, recursos para acompanhamento e planejamento de obras emergenciais em ambiente ArcView e em formatos analógicos e do produto chamado e-book em formato digital e também impresso, com a condição de visualização rápida e eficiente dos trechos trabalhados para o nível gerencial da PETROBRAS.