A ponte pênsil Hercílio Luz foi concluída e aberta ao tráfego em 1926. É a segunda maior ponte pênsil da América do Sul.

A ponte permaneceu aberta ao tráfego até 1982, quando vários defeitos estruturais foram detectados. Em 1983, iniciaram-se os trabalhos de recuperação da ponte, logo interrompidos pela falta de fundos.

Em 1994, um contrato para o Projeto Conceitual de Recuperação da Ponte Hercílio Luz foi assinado entre o DER/SC, Steinman International Inc. e ESTEIO. Este contrato destinou-se aos trabalhos de avaliação estrutural para a recuperação da ponte e forneceu um manual de manutenção para a ponte recuperada.