As áreas de reflorestamento de Pinus são a matéria prima para as indústrias de Papel e Celulose. Por isso, o conhecimento do seu estado fitosanitário, a sua localização geográfica e suas características como data de plantio, idade e outras devem estar sempre acessíveis de maneira rápida e confiável aos técnicos destas empresas.

Uma destas grandes empresas é a RIGESA Celulose, Papel e Embalagens Ltda. Subsidiária do grupo norte-americano Westvaco Corporation, mantém unidades fabris em em vários pontos do Brasil, mas principalmente em Três Barras – SC.

Nesta unidade, a RIGESA opera com o plantio do pinus e a produção de papelão e produtos para embalagens em cartão.

A ESTEIO foi contratada pela RIGESA para execução de serviços de Cobertura Aerofotogramétrica Infra-Vermelho Colorido na escala 1:30.000 com posterior geração de Ortofotocartas Planialtimétricas Infra-Vermelha Coloridas na escala 1:10.000 provenientes desta cobertura. Além disso, foram restituíos na escala 1:10.000 todas as propriedades e seus respectivos talhões na área de interesse.

O grande diferencial neste trabalho é que as Ortofotos foram obtidas da Cobertura Infravermelho Colorida.

Esse tipo de filme, dentre outros aspectos, facilita a diferenciação de tipos de vegetação e quantidade de umidade no solo através das tonalidades do vermelho.

Além disso, permite o realce por meio de respostas radiométricas (tonalidades) de vegetação com seu estado fitosanitário alterado.

Isto é de extrema importância para empresas reflorestadoras, pois a infestação de determinadas doenças é muito rápida e conhecimento exato de sua extensão e ataque é crucial para impedir a propagação desta situação para áreas sadias.

Com este levantamento detalhado, a RIGESA aprimorou o inventário florestal das suas áreas de plantio. Assim, a empresa pode estudar e avaliar qual é a melhor época para a plantação de determinadas espécies, em que local existe o melhor nível de produtividade baseado nas respostas de ensaios de solo e plantio e fazer um controle das áreas utilizadas para o corte seletivo.

As Plantas Cartográficas resultantes da Captação Fotogramétrica foram largamente empregadas em um SIG (Sistema de Informações Geográficas). Os principais tópicos desenvolvidos no SIG foram o cadastramento de estradas (rampa, largura, estado de conservação, etc.), cobertura florestal, hidrografia, áreas de preservação, áreas reflorestadas e não reflorestadas com número, área dos talhões e.outras informações pertinentes a cada área de plantio.

As principais atividades e produtos deste serviço estão destacados abaixo :