Em fevereiro de 2009, o IPEF – Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais, que é uma associação sem finalidade econômica e tem por objetivo o planejamento, a implementação, a coordenação de ações e o gerenciamento de recursos destinados aos estudos, análises e às pesquisas na área de recursos naturais, com ênfase na ciência florestal, contratou a ESTEIO para a realização de perfilamento LASER aerotransportado em uma área de cerca de 200 hectares do projeto EUCFLUX, localizada no estado de São Paulo.

O projeto EUCFLUX, que estuda o fluxo de energia, de água, de nutrientes e de carbono no ecossistema florestal, estimando a eficiência do uso desses recursos no crescimento da floresta de eucalipto validando modelos ecofisiológicos que são usados como ferramentas de análise da produção e sustentabilidade do ecossistema, associa o IPEF, juntamente com outros grupos de pesquisa, bem como onze empresas florestais que contribuem para o financiamento de experimentações (equipamento científico) e fornecem um apoio logístico.

O objetivo da contratação foi a obtenção de coordenadas planialtimétricas e imagens hipsométricas das árvores do EUCFLUX para estudo que visa basicamente: i) Averiguar o potencial de uso da técnica Lidar para estimativa de biomassa florestal (folha, galhos e tronco); ii) Usar o Lidar para obter informações da estrutura da copa do povoamento para sua utilização em modelos a nível da árvore e do povoamento.

As principais etapas desenvolvidas são apresentadas a seguir:

Perfilamento LASER

Os dados LASER foram obtidos com o sensor LASER ALS-50-II, a bordo da aeronave EMB 810 C Sêneca II, de prefixo PT-RQA, mediante a liberação da Licença do Ministério da Defesa n° 046/2009 e AVOEM n° 329/09.

Foram realizados três planos de voos com distintos parâmetros de forma a se obter densidades distintas de retornos LASER por m², na superfície.

Planos de Voo LASER

As densidades de pontos planejadas foram de 2, 4 e 6 pontos/m², na superfície.

Produtos LASER

Como produtos, foram entregues os seguintes arquivos: