Com sede em Belo Horizonte, e sendo uma empresa relacionada com capital fechado de fundos institucionais de investidores estrangeiros, além de empresas de capital nacional, a FERROUS segundo registros noticiados, inicialmente tem a pretensão de ser uma fornecedora do mercado interno, aumentando gradualmente a produção para exportação, e a partir disso, segundo veículos de comunicação, figurar entre as maiores do mundo em seu setor.

Objeto do Serviço

A ESTEIO foi contratada pela Ferrous para execução de serviços de perfilamento LASER aerotransportado e levantamento aerofotogramétrico, em oito áreas totalizando 248,17 km², localizadas no Estado de Minas Gerais, conforme detalhado abaixo.

Identificação (Nome) Área (km) Localização (Municípios Atingidos)
Sertanense

3,57

Municípios de Itatiaçu e Mateus Leme / MG
Esperança

32,77

Municípios de São Joaquim de Bicas , Mario Campos e Brumadinho /MG
Esperança Norte

12,75

Municípios de São Joaquim de Bicas e Mário Campos /MG
Serrinha

61,48

Municípios de Brumadinho, Nova Lima e Itabirito /MG
TCLD – Pátio

48,60

Municípios de Brumadinho /MG
Viga

36,80

Municípios de Congonhas e Belo Vale /MG
Viga Norte

27,00

Municípios de Itabirito /MG
Viga Sul

25,20

Municípios de Congonhas e Jeceaba /MG

Localização das Áreas de Trabalho

As áreas estão localizadas no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais que é considerada a maior província mineral do planeta.

A mina de Serrinha que pertencia a antiga mineração EMESA, situada no município de Brumadinho/MG estava sem atividades havia 13 anos.

Explorada desde a década de 40, com 1.567 hectares de extensão, a mina Esperança, em Brumadinho, deve produzir 5 milhões de toneladas até o final de 2009.

Segundo noticias também veiculadas pela imprensa, estima-se que as jazidas apresentem reservas superiores a 2 bilhões de toneladas de minério de ferro. As estimativas dos recursos minerais dessas áreas permitem projeções de produção de 50 milhões de toneladas por ano a partir de 2014.

Cobertura Aerofotogramétrica

Para atender os requisitos de obtenção de dados cartográficos, a ESTEIO utilizou a tecnologia de Perfilamento LASER com uso do equipamento ALS 50 II da Leica.

Considerando os resultados específicos de levantamentos LASER, a Ferrous poderá realizar estudos do relevo do terreno que poderão auxiliar numa visão mais detalhada cortes e aterros;

Como atividade inicial para este serviço, a ESTEIO realizou cobertura aerofotogramétrica colorida com o uso de sensor digital LEICA ADS 40.

A cobertura aerofotogramétrica foi realizada considerando os seguintes parâmetros:

Levantamento LASER

Para atender os requisitos de obtenção de dados altimétricos, a ESTEIO utilizou a tecnologia de Perfilamento LASER com uso do equipamento ALS 50 II da Leica.

Para este serviço utilizou-se um ângulo de varredura de 30° e uma altura média de voo de 2100 m. Estes parâmetros resultaram em um espaçamento entre os pontos, no terreno, de aproximadamente 1 metro.

Qualidade do MDT

Visando validar as atividades LASER, foram realizados em campo, pontos de controle altimétrico, além de levantamentos GPS para base do voo de perfilamento LASER.

A fim de comprovar a qualidade do MDT gerado, foram comparados 100 pontos distribuídos pelas áreas. O serviço foi executado observando a qualidade, confiabilidade e dentro das tolerâncias topográficas conforme especificações contratuais:

O resumo estatístico da comparação entre GPS e LASER, comprova a qualidade citada anteriormente:

Diferença Máxima (m) 0,723
Diferença Mínima (m) -0,77
Média (m) 0,072
Desvio Padrão (m) 0,269

A rapidez na obtenção das informações em campo e no processamento em escritório, fez com que a equipe de topogragia e GPS da FERROUS pudesse ter tempo hábil para atestar também a qualidade dos resultados e produtos emitidos.

Produtos

FERROUS terá condições de incorparar nesses produtos, resultados de levantamentos topográficos realizados por ela ou por terceiros e com isso manipular várias informações num mesmo produto e com o mesmo georreferenciamento.

A partir dos produtos emitidos é possível determinar os melhores acessos às minas, além é claro de poder aliar esses produtos com quaisquer resultados geológicos/geotécnicos existentes ou planejados, e assim estabelecer o volume de retirada de material nas áreas de interesse.

Os resultados do Perfilamento a LASER e da cobertura aerofotogramétrica proporcionaram a confecção dos seguintes produtos cartográficos:

  • Plantas em Escala de 1:5.000, com curvas de 1 em 1 metro;
  • Arquivos de pontos MDT e MDE (ASCII);