Google+

Você está em: Principal > Serviços > Executados > PCM > PETROBRAS - PCM em Dutos no RJ

PCM para Localização, Mapeamento e Avaliação de Revestimento de Dutos no RJ

Área de Levantamento PCM no RJ

Área de Levantamento PCM no RJ

Gráfico de Atenuação de Corrente do RL no. 01

Gráfico de Atenuação de Corrente do RL no. 01

Contato de Estruturas

Contato de Estruturas

Uso do GPR na Faixa

Uso do GPR na Faixa

Leitura de Corrente com PCM

Leitura de Corrente com PCM

Detalhe da Planta-Perfil

Detalhe da Planta-Perfil

Conhecido como Método de Atenuação de Corrente, a técnica PCM utiliza uma corrente elétrica de frequência extremamente baixa (4 Hz), cujo comportamento se aproxima ao da corrente contínua do sistema de Proteção Catódica dos dutos, corrente esta que é aplicada em tubulações metálicas visando complementar a proteção fornecida pelo revestimento externo

O método consiste em injetar um sinal na tubulação a ser inspecionada e captar este sinal ao longo da mesma, utilizando-se de um receptor portátil calibrado na mesma frequência. Este receptor indicará a posição planimétrica do duto, bem como sua profundidade.

Com leituras em intervalos regulares é feito o mapeamento do sinal, o que permite obter a distribuição da corrente ao longo da tubulação, identificando os pontos de consumo (perda) desta corrente. Estes pontos de consumo podem ser associados à existência de falhas no revestimento externo da tubulação e/ou contatos com outras estruturas. Posteriormente, as falhas são detectadas e mensuradas com considerável precisão através da técnica complementar "A-frame".

Serviços Realizados

A ESTEIO executou a localização, geoposicionamento, mapeamento e inspeção do revestimento em mais de 2.000 km de dutos em várias regiões do país.

Os trabalhos foram executados visando a obtenção da real posição dos dutos (As-Built) nas faixas e as condições em que se encontra o revestimento dos mesmos, sendo este o primeiro trabalho desta magnitude realizado no Brasil.

Região do Serviço

Os serviços de localização, geoposicionamento e mapeamento de dutos existentes foram realizados nas faixas que interligam Barra do Furado a Taubaté. Neste segmento, destacam-se os seguintes trechos:


Trecho

Extensão

Dutos (Diâmetro)

Barra do Furado - Cabiúnas

70 km

OCAB (38"), GASCAB I (38"), GASCAB II (20")

Campos Elíseos - Estação de Japeri

40 km

GASVOL (18"), OSVOL (12")

Estação de Japeri - Serra das Araras

20 km

GASVOL (18"), OSVOL (12")

Serra das Araras - Volta Redonda

40 km

GASVOL (18"), OSRIO (16") e OSVOL (10")

Volta Redonda - REVAP (São José dos Campos)

250 km

GASPAL (22") e OSRIO (16")


Metodologia

Os levantamentos se baseiam no método Pipeline Current Mapper (PCM), utilizando o equipamento de fabricação da Radiodetection Inc. para localizar e inspecionar as condições do revestimento.

Os dutos foram localizados na faixa utilizando esta técnica eletromagnética sendo demarcados com piquetes representando um ponto a cada 20 m de caminhamento. As coordenadas UTM de cada ponto demarcado foram levantadas com GPS usando a tecnologia stop-and-go com pontos de base distanciados de 5 a 10 km.

Relatórios de Estado do Sistema PC

Antes do processo de localização propriamente dita, são efetuadas algumas verificações na integridade do sistema de Proteção Catódica, tais como:

  • Funcionamento das juntas de isolamento, indicando possibilidade de reparo/substituição;
  • Contatos de estruturas estranhas ao duto e a Proteção Catódica que poderiam interferir no processo;
  • Isolamento elétrico do duto a ser inspecionado dos demais dutos da mesma faixa.

Os resultados destas verificações foram apresentados em relatório específico chamado RL no. 2. Com este relatório, a PETROBRAS tomou conhecimento do estado de parte do sistema de Proteção Catódica e providenciou os devidos reparos para execução dos serviços de localização.

Após a conclusão dos serviços de posicionamento foi elaborado um segundo relatório contendo os pontos de baixo isolamento do duto, identificação das regiões com atenuações de corrente significativas, sua graduação em três níveis (no mínimo), profundidade em metros dos pontos medidos, coordenadas N e E dos pontos de medição de corrente e cota do terreno. Este relatório é chamado de RL nº. 1

Uso do GPR (GROUND PROFILING RADAR)

Nos locais em que o PCM sofreu interferências, o serviço foi realizado com equipamentos de GPR. Estes locais são áreas com presença de radio-frequência, torres de alta tensão, linhas férreas, telefonia, micro-ondas e outros.

Além disso, a cada 10 km de faixa foi realizada uma varredura adicional com o GPR a fim de confirmar os resultados do PCM e a cada 20 km de faixa foi feita uma sondagem manual (trincheira), a fim de confirmar as leituras realizadas e/ou ajustar os equipamentos.

Inspeção de Revestimento

A inspeção do revestimento foi realizada em seu modo qualitativo e quantitativo usando a técnica "Atenuação de Corrente".

A Inspeção Qualitativa consiste do Mapeamento de Corrente realizado em conjunto com a localização, graduando as regiões falhas no revestimento anticorrosivo do duto. As leituras de corrente deverão ser realizadas nos marcos de localização do duto, em intervalos de 50 metros.

A inspeção Quantitativa consiste na localização e demarcação no campo das falhas no revestimento, utilizando a técnica A-Frame, e colocação de marcos (de cor vermelha) numerados, posicionado no solo no epicentro das falhas.

Os locais de levantamento usando o acessório A-Frame são definidos após a análise de pontos de perda de corrente considerando o processamento dos dados PCM e as indicações do RL no 1.

Plantas Finais

Os desenhos de planta e perfil (Ortofotocartas Digitais) das faixas de dutos com os respectivos dutos posicionados na faixa foram entregues em meio digital, georreferenciados e prontos para inserção em SIG.

Resultado

O resultado final deste trabalho visa subsidiar a PETROBRAS quanto à real posição dos dutos nas faixas e suas condições de revestimento, conhecimento este que permitirá a implantação de novos dutos, substituição de trechos com problemas, melhorias na eficácia do sistema de Proteção Catódica, além do maior grau de segurança em qualquer atividade de construção, reparo ou manutenção ao longo da faixa.

 

Página mantida por Wanderley Kampa Ribas
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1151 - Prado Velho, Curitiba - Paraná - Brasil | CEP: 80215-242 | Tel: (41) 3271-6000 Fax: (41) 3332-3273 | Latitude (GMS): -25° 27' 7,20672" - Longitude (GMS): -49° 15' 20,47880" | Alt. Geométrica (m): 892,599 - Sistema WGS84
Copyright ESTEIO 2001-2014 © - Todos os Direitos Reservados - Resolução mínima 1024x768px