Você está em: Principal > Serviços > Executados > Perfilamento a LASER > BRASOL - Mapeamento Pirapora-MG

Mapeamento em Pirapora-MG para BRASOL

Clique para Ampliar

Limite do Mapeamento

Clique para Ampliar

Marco Topográfico

Clique para Ampliar

Trajetória da Cobertura Aérea LASER

Clique para Ampliar

Imagem de Composição (Hipsometria e Intensidade)

Clique para Ampliar

Imagem de Intensidade

A BRASOL (Brasil Ação Solidária) é uma OSCIP que realiza serviços de planejamento e projetos de infraestrutura urbana para municípios de várias regiões do país. Uma atuação no município de Pirapora (MG) é a realização do projeto de saneamento da área urbana do município.

Com o objetivo de obter uma base de dados planialtimétrica necessária para apoiar a realização destes projetos, a BRASOL buscou a aplicação de um sensor LASER aerotransportado, pela rapidez, precisão e quantidade de dados que o sistema disponibiliza para uso.

O mapeamento foi realizado numa área de 57 km², abrangendo a área urbana do município, com a geração de um modelo digital de superfície com no mínimo 1 ponto/m², modelo digital do terreno, geração de curvas de nível com equidistância de 1 m e plantas com imagens de composição hipsométrica na escala 1:5.000.

Além dos produtos cartográficos, também foram implantados e medidos um par de marcos topográficos para servirem de base geodésica para os serviços de mapeamento LASER, bem como para os serviços de cadastro e implantação do sistema de saneamento da cidade.

Os serviços de mapeamento foram desenvolvidos em fases, inicialmente com a escolha dos vértices e RRNN's do IBGE existentes na região, bem como da implantação dos marcos topográficos. Após o reconhecimento e identificação em campo dos vértices e RRNN's , foi planejado o rastreio e o nivelamento dos marcos implantados.

A escolha pelo cliente de uma RRNN's localizada no centro do município como marco topográfico, gerou a necessidade de implantação de apenas um marco de azimute para o mesmo. A altitude determinada pelo IBGE desta referência de nível foi verificada e a diferença encontrada estava dentro da tolerância apropriada.

O par de marcos topográficos foram medidos com rastreamento GPS e nivelados pelo método geométrico, devidamente processados e ajustados à rede geodésica oficial do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Após a determinação das coordenadas do marco topográfico de origem do serviço, as atividades de cobertura aérea com o sensor LASER foram mobilizadas, já devidamente autorizadas pelo Ministério da Defesa. O planejamento da cobertura aérea foi realizado considerando um voo com faixas cruzadas sobre a região do serviço.

A realização da cobertura aérea foi realizada tendo como base de operações o aeroporto de Montes Claros, numa única operação de voo para a captação dos dados altimétricos em dezembro de 2009. A cobertura foi realizada a partir de 25 faixas de voo, a uma altura de 1.900 metros.

Os dados captados foram processados, verificados e classificados para a geração dos produtos previstos (Modelo Digital de Superfície, Modelo Digital do Terreno, Curvas de Nível e Imagens de Composição Hipsométricas). O mapeamento foi realizado e referenciado ao Datum Horizontal SAD-69 e no Datum Vertical do Marégrafo de Imbituba.

A validação dos dados captados foi realizada a partir de comparação com informações medidas por levantamento GPS de pontos de controle de qualidade, distribuídos ao longo da área, num total de 22 pontos.

O resultado estatístico da validação segue abaixo: Média (em Módulo) = 0,090 m Desvio Padrão = 0,075 m

Conforme a estatística apresentada acima, pode-se observar que a área medida atingiu a precisão altimétrica de 0,09 m em 90% dos pontos, onde a precisão requerida é que 90% dos pontos devem atender a precisão de:

  • Erro Linear <= 0,50 m para pontos localizados em área sem vegetação
  • Erro Linear <= 2,00 m para pontos localizados em área com vegetação.

Os produtos foram gerados a partir dos dados classificados e validados, considerando as especificações técnicas estabelecidas, com um modelo digital de superfície e um modelo digital do terreno para as aplicações de estudo e projeto da rede saneamento.

Foram geradas imagens de composição hipsométricas, que têm o objetivo de conjugar informações altimétricas e planimétricas, para as análises necessárias ao projeto em questão.

Além disso, foi realizada a geração de um mapa de intensidade para auxiliar na fase de projeto, servindo como pano de fundo, com a representação das informações planimétricas, facilitando no momento do lançamento das informações da rede de saneamento.

A área do mapeamento de Pirapora é uma região urbana com pouca cobertura vegetal e pouca variação altimétrica. Essas características tiveram cuidados específicos nas configurações de voo e parametrização no processamento e classificação dos dados LASER, de forma a garantir a boa qualidade nas medições do sistema LASER.

Com base nas estatísticas dos pontos de controle, medidos em campo, já apresentadas anteriormente, considerando erros relativos ao processamento GPS, bem como a precisão intrínseca do sistema LASER, é possivel concluir que o serviço atendeu a precisão requerida para aplicação desejada.

 

Página mantida por Márcio Miguel Tavares
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1151 - Prado Velho, Curitiba - Paraná - Brasil | CEP: 80215-242 | Tel: (41) 3271-6000 Fax: (41) 3332-3273 | Latitude (GMS): -25° 27' 7,20672" - Longitude (GMS): -49° 15' 20,47880" | Alt. Geométrica (m): 892,599 - Sistema WGS84
Copyright ESTEIO 2001-2014 © - Todos os Direitos Reservados - Resolução mínima 1024x768px