Google+

Você está em: Principal > Serviços > Oferecidos > Cobertura Aerofotogramétrica Digital

Cobertura Aerofotogramétrica Digital

Clique para Ampliar

Plano focal ADS40

Ângulos de Visadas ADS40 - Fonte: Leica

Ângulos de Visadas ADS40 - Fonte: Leica

Clique para Ampliar

Clique para Ampliar

Imagem com GSD 0,35m

Clique para Ampliar

Diferenças de Perspectivas

Clique para Ampliar

Imagens RGB e IR com GSD 0,15 m

Clique para Ampliar

Imagem com GSD 0,20m

O constante desenvolvimento de sistemas aerotransportados para captação de imagens finalmente trouxe ao mercado os modernos sensores para captação de imagens digitais, dentre estes destacamos o sensor ADS40.

A ADS40 (Airborne Digital Sensor) é um Sensor Digital Linear de alta resolução geométrica e radiométrica desenvolvido pela LEICA Geosystems. A ADS40 trabalha com um CCD (Charged Coupled Device) linear, possui tamanho de pixel na imagem de 6,5 µm e uma lente telecêntrica de distância focal igual a 62,77 mm, resultando numa abertura de visualização no solo FOV (Field of View) igual a 64°.

Tratando-se de um sensor linear, a imagem é capturada à medida que a aeronave varre o terreno, produzindo uma faixa de imagem com perspectiva constante. Adquirido em 2006 pela ESTEIO, este sensor vem mostrando diversas vantagens no processo de produção cartográfica.

Plano de Voo

Na fase de planejamento de voo, o programa FPES (Flight Planning and Evaluation Software) permite uma automatização do processo de criação das faixas de voo, este programa considera todos os parâmetros necessários para garantir um perfeito recobrimento da área de interesse, bem como a precisão e qualidade da imagem e ser adquirida.

O FPES cria um arquivo do planejamento do voo que é transmitido para a unidade de controle do sensor. Nesta unidade, através do programa FCMS (Flight & Sensor Control Management System), é realizado todo o controle do voo.

O FCMS controla o correto posicionamento da aeronave durante a execução da faixa. Caso seja verificada a existência de deriva ou variações na altura do voo, automaticamente é cancelada a gravação das imagens. A constelação de satélites, os valores de PDOP e VDOP também são controlados durante o voo de modo a garantir a qualidade dos dados GPS/IMU para o posterior processamento das imagens.

Captação das Imagens

A aquisição simultânea de imagens pancromáticas e multiespectrais, RGB e infravermelho próximo, é uma das vantagens deste sensor, todas as imagens são captadas com a mesma resolução, sem a necessidade de colorização de imagens pancromáticas. Durante o voo podem ser captadas até 10 imagens como mostra o plano focal do sensor.

A gravação das imagens é acionada pelo dirigente do voo que escolhe quais imagens são gravadas. Os CCDs estão dispostos assimetricamente no plano focal formando ângulos de 14° entre as imagens Anterior e Nadir e 28° entre as imagens Nadir e Posterior. A construção estereoscópica pode ser feita com a composição entre duas vistas.

A medida que a faixa é voada, a gravação pelos CCD's é feita de forma contínua, criando assim uma imagem única para toda a extensão da faixa.

Consequência disto é a existência de estéreoscopia em 100% da área de interesse, com a possibilidade de combinação de 3 pares estereoscópicos diferentes (Anterior e Nadir, Nadir e Posterior, Anterior e Posterior).

Assim que o voo é concluído já pode ser iniciado o processamento das imagens. Como vantagem temos a eliminação do processo de laboratório nesta fase, não existem gastos com filmes fotográficos e produtos químicos. O tempo de transferência do filme ao laboratório e o tempo de revelação são substituídos por um simples processamento no próprio local de voo, imediatamente tem-se a resposta quanto a necessidade de revoo.

Com a aquisição de imagens digitais, elimina-se o processo de escanerização até então necessário. Consequentemente elimina-se também a necessidade de tratamento das imagens para eventuais riscos ou resíduos criados por este processo.

O processo de aerotriangulação também é agilizado com o uso das imagens da ADS40. Por se tratar de um voo apoiado, o processamento dos dados GPS/IMU já permite uma boa orientação garantindo que a criação de pontos de ligação de imagens e faixas possa ser realizada de forma automática, com grande quantidade de pontos e alta precisão de correlação.

Por se tratar de faixas continuas e voo apoiado, a quantidade de pontos de apoio de campo necessários para um bom ajuste também é reduzida, pontos apenas nos extremos dos blocos já garantem um bom ajuste.

No processo de restituição fotogramétrica e geração de ortofotos podemos citar várias vantagens. A diminuição de "modelos" no processo é uma delas, principalmente quando se trata de trabalhos ao longo de linhas como dutos e estradas, otimizando o processo produtivo.

A qualidade geométrica das imagens é um dos pontos mais importantes. A alta definição das imagens facilita o processo de captação e a qualidade radiométrica o processo de interpretação.

Mesmo em voos altos, com GSD superior a 0,40 m, equivalente a um voo 1:30.000, a definição radiométrica e geométrica é superior aos voos convencionais.

A identificação de objetos ocultos, pela existência de sombras ou inclinações, é realizada através da combinação das diferentes visadas.

A captação simultânea da imagem infra-vermelho colorida permite dados adicionais para a realização de estudos de vegetação e outras interpretações.

No processo de ortorretificação existe uma diminuição considerável na necessidade de tratamento das imagens, por se tratar de faixas contínuas, não existe mais a edição da mosaicagem ao longo da faixa, apenas ligações entre as faixas devem ser tratadas.

O corte de folhas é realizado sem a necessidade de edição da imagem em uma mesma faixa.

Por se tratar de uma perspectiva paralela a imagem nadiral fornece imagens praticamente verticais, fazendo com que as ortofotos sejam quase uma "true ortofoto".

Artigos Relacionados

 

Página mantida por Angela Kugler
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1151 - Prado Velho, Curitiba - Paraná - Brasil | CEP: 80215-242 | Tel: (41) 3271-6000 Fax: (41) 3332-3273 | Latitude (GMS): -25° 27' 7,20672" - Longitude (GMS): -49° 15' 20,47880" | Alt. Geométrica (m): 892,599 - Sistema WGS84
Copyright ESTEIO 2001-2014 © - Todos os Direitos Reservados - Resolução mínima 1024x768px